A música popular brasileira (MPB) surgiu a partir da influência de diversos gêneros musicais, desde os típicos Europeus, até os africanos e indígenas. Segundo fontes históricas, a MPB se originou ainda no período colonial, entretanto, somente a partir dos séculos XVIII e XIX o gênero musical começou a tomar forma em grandes cidades. No começo do séc XX, nasceu o samba e foi então que a música popular brasileira se consolidou da maneira que é conhecida até hoje.

O Dia da Música Popular Brasileira é comemorado anualmente no dia 17 de outubro. Também é conhecido como Dia Nacional da MPB e é celebrado em homenagem ao nascimento da primeira compositora oficial da MPB: Chiquinha Gonzaga, nascida em 17 de outubro de 1847, no RJ. Em homenagem a esse dia, a Jukebox Digital te conta alguns fatos marcantes da história da música popular brasileira que você talvez não conheça. Confira!

Episódios da música popular brasileira que você precisa saber

A música popular brasileira pode ser considerada o mais polêmico estilo musical do país. Alguns não consideram a MPB como um gênero musical, mas como uma forma de compor, mesclando o samba, ritmos nordestinos, jazz e pop. Abaixo, listamos alguns fatos que marcaram a história desse ritmo musical e que muita gente não conhece.

Os termos MPB e Samba são mais antigos do que se imagina

Em 1945, Oneida Alvarenga publicou o livro “Música Popular Brasileira”, bem antes do surgimento da bossa nova e, certamente, o termo já era utilizado antes mesmo do livro ser publicado. No caso da palavra “samba”, as raízes são mais antigas. Historiadores relatam que o primeiro samba registrado em um disco foi “Pelo Telefone”, em 1917, mas, obviamente, o gênero já existia há mais tempo.

Em 1842, o frei Miguel do Sacramento Lopes de Gama publicou os seguintes versos em uma revista de Pernambuco:

“Aqui pelo nosso mato
Qu’estava estão mui tatamba,
Não se sabia outra coisa
Senão a Dança do Samba”

A MPB foi usada como um protesto à ditadura

No início dos anos 60, ainda antes do golpe de 64, a produção do Centro Popular de Cultura (CPC), da União Nacional dos Estudantes (UNE), era bem intensa. A turma era responsável por produzir peças de teatro, caravanas pelo país e também compunha músicas. Essa música popular brasileira praticada nas universidades ganharia força e exposição após o golpe militar, com os grandes festivais nas emissoras de TV.

artistas da musica popular brasileira

As letras de MPB fazem referência aos militares

Com a censura e a repressão em alta, era difícil ir contra o regime militar sem sofrer consequências graves, mas a criatividade dos artistas sempre dava um jeito. Chico Buarque ficou conhecido como o mais famoso artista na estratégia de burlar a censura com as suas letras. Em “Apesar de Você” (1970), tamos versos como:

“Hoje você é quem manda
Falou, tá falado
Não tem discussão
A minha gente hoje anda
Falando de lado
E olhando pro chão, viu”

A música “Cálice” foi censurada ao vivo

Composta por Chico Buarque e Gilberto Gil, a música seria apresentada em um evento da gravadora PolyGram, em 1973. O título da canção e os versos são, claramente, uma referência à censura (cálice – cale-se). No momento em que Chico e Gil começaram a cantar, o microfone foi desligado. Chico, irritado com a situação, procurava por outro, que era cortado em seguida, até que todos os microfones do palco foram desligados.

A TV contribuiu bastante com a MPB

Os festivais de música da TV Excelsior, da Record e da Globo contribuíram consideravelmente para a popularização da música popular brasileira e de seus artistas. O primeiro dos festivais, em 1965, teve como vencedora Elis Regina, com a canção “Arrastão”. Geraldo Vandré, Milton Nascimento, Jair Rodrigues e Caetano Veloso também estão entre os artistas premiados da épica.

Músicas marcantes da MPB

  • Sinal fechado – Paulinho da Viola;
  • Como nossos pais – Belchior;
  • Cálice – Gilberto Gil e Chico Buarque;
  • O bêbado e o equilibrista – João Bosco e Aldir Blanc
  • Comportamento geral – Gonzaguinha

 

E então, gostou de saber alguns fatos marcantes da história da música popular brasileira? Se você, assim como a Jukebox Digital, é um adorador da MPB e deseja que ela esteja na playlist de todos os seus momentos de comemoração, pode contar com o repertório da nossa máquina de música Jukebox.
São mais de 12 mil músicas originais, incluindo MPB, sendo 40% com clipes que podem ser exibidos em telões, monitores e TV’s. Além disso, você ganha a comodidade dos seus convidados terem a opção de selecionar suas músicas prediletas e economiza o espaço que um DJ ocuparia. Entre em contato com a Jukebox Digital e faça o orçamento do seu aluguel de Jukebox. Esperamos por você.

 

Links úteis:
festa de boteco
festa boteco